DIA D NA REGIONAL DE GOIÁS

Goiás EFI UEG

A Comissão Regional de Goiás se reuniu no dia 24 de novembro, após uma forte mobilização para estudo do documento preliminar da BNCC. Estiveram reunidas unidades escolares das redes estaduais, municipais e privadas de Goiás, Matrinchã e Mossâmedes.

Em Goiás e Matrinchâ, estiveram presentes:

  • Educação Infantil: Rede Municipal: 11 Escolas – 50 professores Rede Estadual: 01 Escolas – 05 professores Rede Particular:01 Escolas – 03 professores;
  • Ensino Fundamental anos iniciais: Rede Municipal:09 Escolas – 25 professores Rede estadual: 05 escolas – 58 professores Rede Particular: 01 Escola – 02 professores;
  • Ensino Fundamental anos finais: Rede Municipal : 04 Escolas – 11 professores Rede Estadual : 06 Escolas – 62 professores ;
  • Ensino Médio: Rede Estadual Goiás: 06 Escolas – 58 professores(incluindo Família Agrícola) IFG-Câmpus Cidade de Goiás: 01 Unidade -12 professores Rede Estadual Matrinchã: 01 Escola – 08 professores Tutor Educacional Responsável: Jacqueline de Jesus Silva.

Em Mossâmedes:

  • Educação Infantil: Rede Municipal: 01Unidade – 17 professores;
  • Ensino Fundamental anos iniciais: Rede Municipal:03 Escolas – 35 professores Rede estadual: 01 escolas – 08 professores;
  • Ensino Fundamental anos finais e Ensino Médio: Rede Estadual : 01 Escolas – 24 professores.

 

Organizados em grupos, realizaram momentos de estudos por etapa de ensino e área do conhecimento com o envolvimento de todos nas discussões. O encontro foi marcado por participações coletivas, em forma de grupos, onde coube ao professor a escolha do grupo de estudo no qual iria contribuir. Além disso, houve um momento de exposição, principalmente aos professores da rede municipal e particular sobre o Portal da BNCC e as possibilidades de  acesso, e ao final,  por um momento de socialização dos grupos apresentando as ponderações e intervenções levantadas durante as discussões.

Dentre as questões levantadas foram enfatizadas a necessidade de se aprofundar mais nas áreas de conhecimento e componentes curriculares, pois o coletivo entendeu que as alterações propostas não cabem no modelo de estrutura da matriz curricular atual.

De forma organizada e com grande participação a Regional de Goiás contribuiu com a discussão do documento preliminar e com a construção da Base Nacional Comum Curricular.

Goiás EF Lyceu de Goyaz
Goiás

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *